prybiczmaria@gmail.comFollow by Email tyle>.ig-b- { display: inline-block; } .ig-b- img { visibilit

domingo, 24 de outubro de 2010

A UMA SEMANA DA ELEIÇÃO...
A uma semana do segundo turno da eleição, os candidatos à Presidência da República intensificam a campanha em busca dos votos dos 56 milhões de eleitores dos maiores colégios eleitoral do país: São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Nesses estados, o tucano José Serra venceu apenas em São Paulo, com 40,66% dos votos. A petista Dilma Rousseff venceu em Minas Gerais, com 46,98%, e no Rio de Janeiro, com 43,76%.
Enquanto José Serra e Dilma Rousseff trabalham no Sudeste, atos de campanha deverão ser feitos no Norte e no Nordeste para garantir votos dos eleitores dessas regiões. Para isso, vão contar com os governadores eleitos dos dois partidos e com a estrutura já montada nos estados.
O esforço nesses três estados tem um objetivo: reverter o quadro do primeiro turno. Na Região Nordeste, José Serra foi derrotado por Dilma com uma diferença de mais de 40 pontos. No Norte, a candidata petista obteve quase 18 pontos de vantagem em relação ao tucano. No Centro-Oeste, a disputa foi mais acirrada: Serra ficou quase 2 pontos atrás de Dilma.
A partir de agora, os candidatos têm mais quatro dias para participar de comícios e reuniões públicas. A legislação eleitoral estabelece que a propaganda política deva ser encerrada quinta-feira (28), três dias antes do pleito. Na sexta-feira (29), será exibida a última propaganda eleitoral no rádio e na televisão e também as últimas propagandas pagas nos jornais impressos e aquelas feitas na internet. A data também é o prazo final para a realização de debates entre os candidatos.
No sábado (30), um dia antes da eleição, os candidatos ainda poderão participar de carreatas e usar alto-falantes ou amplificadores de som, mas só até as 22h.
O segundo turno das eleições será realizado no próximo domingo (31). As seções eleitorais estarão abertas das 8h às 17h. O comércio poderá funcionar normalmente, desde que os donos estabeleçam tempo para que os funcionários possam votar. Durante o pleito, o eleitor poderá se manifestar silenciosamente e individualmente.
Fonte: GP On Line
Ctba, 24/out/10
Maria M. Prybicz

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Economista/Professora/Escritora de Blog e outros; Disciplina: Gestão de Negócios; - Autonomia em Consultorias em Geral.