prybiczmaria@gmail.comFollow by Email tyle>.ig-b- { display: inline-block; } .ig-b- img { visibilit

sexta-feira, 30 de maio de 2014


- "GRANDE TABULEIRO ECONÔMICO BRASILEIRO" - O nosso "Tabuleiro Econômico Brasileiro" consiste de: bancos, grandes empreiteiras e políticos! E mais, cartolas de futebol e jogadores de futebol em segundo plano e nós, os outros, somos os peões da vez! - Enquanto a carruagem anda, a indústria brasileira continua sendo sucateada e subvalorizada, ocasionada pelo grande número de importações, principalmente da China, Coreia e Índia. No que diz respeito aos importados: eletroeletrônicos, produtos de tecnologia da informação (TI) calçados e roupas em geral recebidos tambem da Índia! Apesar da grande desoneração que tem aliviado alguns setores do comércio e indústria, ainda assim a carga tributária faz com que os produtos nacionais sejam sempre mais caros que os importados! - Com isto tudo, a balança comercial brasileira está sempre negativa! Os produtos brasileiros para exportações não conseguem competir com preços praticados nos países estrangeiros. Ctba, 30/maio/14 - Maria Prybicz

segunda-feira, 26 de maio de 2014


- CONCENTRAÇÃO DE RENDA - “Não é plausível que o aumento na concentração das rendas do capital não reflitam um aumento mais ou menos comparável da concentração do capital em si mesmo”.Nobel, Paul Krugman - Fonte: El País - Ctba, 26/maio/14 - Maria Prybicz

domingo, 25 de maio de 2014


- ECONOMIA DA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA - É, como a nossa economia está substancialmente enraizada pela indústria automobilística, nós vamos com a www.partsmix.com.br - produtos automotivos - "Loja Virtual", somos pequenos ainda (micro) mas, a tendência é crescermos e fazermos um belo planejamento para futuramente implantarmos uma "Loja Física"! Deus é nosso parceiro fundamental, acreditamos! - Ctba, 25/maio/14 - Maria Prybicz.

segunda-feira, 19 de maio de 2014


- O NOSSO PAÍS - O país dispõe de setor tecnológico sofisticado e desenvolve projetos que vão desde submarinos a aeronaves (a Embraer é a terceira maior empresa fabricante de aviões no mundo). O Brasil também está envolvido na pesquisa espacial. Possui um centro de lançamento de satélites e foi o único país do Hemisfério Sul a integrar a equipe responsável pela construção da Estação Espacial Internacional (EEI). É também o pioneiro na introdução, em sua matriz energética, de um biocombustível - o etanol produzido a partir da cana-de-açúcar. Em 2008, a Petrobras criou a subsidiária, a Petrobras Biocombustível, que tem como objetivo principal a produção de biodiesel e etanol, a partir de fontes renováveis, como biomassa e produtos agrícolas. Fonte: Diversas - Ctba,19/maio/14 - Maria Prybicz.

sábado, 17 de maio de 2014


- EDUCAÇÃO e CONHECIMENTO com suas matérias específicas, conduzem-nos à escolhas de destinos corretos a serem percorridos, como se fosse o mapa da mina! - Ctba, 17/maio/14 - Maria Prybicz

sexta-feira, 16 de maio de 2014


INVESTIMENTOS - Não sabe em que investir? Invista em Educação, seja ela qual for: infantil, juvenil ou adultos, todas são válidas! - Ctba,16/maio/14 - Maria Prybicz.

terça-feira, 13 de maio de 2014


A MELHOR MANEIRA DE CONSTRUIR NA AMÉRICA LATINA - “A maneira única de fazer as coisas, a fórmula, deve ser enterrada, opina o arquiteto colombiano Miguel Mesa. Em seu país, 40% da população é pobre: “Embora nossa economia melhore, o que aumenta é a riqueza dos ricos e a pobreza dos pobres. As cidades são centros de desigualdades e isso é insustentável”. Para ele, a arquitetura é uma “ciência básica que pode trabalhar em muitos horizontes. Viver um drama por não poder ter estudado é um problema infantil. O primeiro edifício que um arquiteto tem que construir é a sua própria personalidade”. Medellín é um caso particular, porque as melhorias se estenderam no tempo. Mas há outras cidades: Curitiba, Bogotá ou Caracas, onde a arquitetura está chegando ao mais necessário. “A arquitetura não salva esses locais, mas leva esperança. E a esperança muda a mentalidade das pessoas”, opina Mesa. - Fonte: El País - Ctba,13 maio/14 - Maria Prybicz

sexta-feira, 9 de maio de 2014


- SALÁRIO MÍNIMO MAIOR DO MUNDO (EM SEATTLE/USA) - O presidente Barack Obama tentou na semana passada aprovar um aumento do valor federal de US$ 7,25 por hora para US$ 10,10, mas foi bloqueado pelos republicanos no Senado. Enquanto isso, cidades e estados tem aprovado valores mais altos por conta própria. Ninguém, por enquanto, foi mais longe do que Seattle, cidade que fica no estado de Washington, no extremo noroeste do país. Na última quinta-feira, o prefeito Ed Murray anunciou um plano para subir o valor do salário mínimo dos atuais US$ 9,32 para US$ 15 entre os próximos 3 e 7 anos - o que afetaria um em cada quatro dos trabalhadores da cidade, de acordo com a Universidade de Washington. A velocidade prevista para adaptação depende do tamanho do negócio e se ele oferece benefícios como plano de saúde. Em alguns casos, gorjetas podem ser contadas para o valor final. Passado este período, novos aumentos estariam vinculados à inflação. A proposta surgiu de um longo processo de negociação em um comitê formado por líderes políticos, trabalhistas e do mundo dos negócios. Se o conselho da cidade aprovar, como é esperado, Seattle terá o maior salário mínimo de uma grande cidade do mundo em termos de paridade de poder de compra. Na Austrália, o valor por hora é de 16,37 - mas em dólares australianos. SeaTac, um subúrbio de Seattle, já tem o salário mínimo de US$ 15 - mas ele só se aplica aos cerca de 6 mil trabalhadores do aeroporto e serviços relacionados. A liderança pode ser tomada em breve pela Suíça, que vota no próximo dia 18 para decidir se quer aumentar o valor para US$ 25 por hora. Fonte: Economia/Exame - Ctba, 09/maio/14 - Maria Prybicz

A CORREÇÃO JUSTA DO IMPOSTO DE RENDA SERIA DE 6,5%, E MAIS NADA! - Governo manobra para acelerar votação da correção do IR - Medida integra o "pacote de bondades" anunciado pela presidente Dilma Rousseff na véspera do Dia do Trabalho. - O governo quer agilizar a votação da correção de 4,5% na tabela do Imposto de Renda que integra o "pacote de bondades" anunciado pela presidente Dilma Rousseff semana passada em pronunciamento pelo Dia do Trabalho. Por orientação do Palácio do Planalto, a correção foi incluída em medida provisória que já tramita no Congresso e deve ser aprovada até o início de junho. Inicialmente, o Planalto encaminhou ao Congresso outra MP com a correção, mas como ela só perde a validade em setembro, líderes governistas temem que ela não seja votada diante do esperado esvaziamento do Legislativo a partir de junho - em razão da Copa do Mundo e das eleições. Líder do PMDB, o senador Eunício Oliveira (CE) incluiu a correção na MP 634, que altera pontos da legislação tributária nacional e prorroga prazos de fundos de investimentos. "Vocês acham que os deputados ou alguém vem para o Congresso no meio de uma campanha para votar uma medida provisória? É melhor incluir isso em uma MP que já esteja tramitando", afirmou o peemedebista. A manobra do governo também pode inviabilizar proposta do senador Aécio Neves (PSDB-MG), provável adversário de Dilma nas eleições, que corrige a tabela do IR com base na inflação. Aécio apresentou emenda à medida provisória que será "esquecida" pelos congressistas, já que a mudança na tabela foi incorporada na outra proposta. A oposição pretende apresentar nova emenda, mas tecnicamente na fase em que a MP está tramitando, não caberiam novas mudanças no texto. Eunício negou que seu objetivo seja anular a proposta de Aécio, mas afirma que o tucano não poderá apresentar a sugestão na MP que incorporou o Imposto de Renda. "Não pode mais [apresentar emendas], o relatório já foi", afirmou. A comissão mista que analisa a MP 634 deve votar a proposta na semana que vem. Depois, ela será analisada pelos plenários da Câmara e do Senado. O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) rebateu Eunício ao afirmar que a oposição pode apresentar emendas ao texto inclusive durante a votação no plenário. "A oposição vai tentar corrigir a tabela com base na inflação, tanto numa proposta quanto na outra. Mas sabemos que depende do relator [Eunício] acolher a nossa emenda", afirmou. Fonte: GP Ctba, 09/maio/14 Maria Prybicz

quarta-feira, 7 de maio de 2014


- MUDANÇAS PARA O CÁLCULO DO PIB - PRODUTO INTERNO BRUTO - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga hoje a pesquisa de produção industrial com a primeira revisão metodológica de cálculo desde 2004. Com a inclusão de novos produtos e regiões na sondagem, a expectativa do mercado é de que a mudança eleve, mesmo que discretamente, os resultados oficiais do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. De acordo com analistas e economistas, a alta pode ser de até 0,5%. - Mudança no cálculo do PIB é a segunda em menos de um ano - A nova pesquisa de produção industrial será a segunda mudança em menos de um ano no cálculo geral do PIB brasileiro. Em agosto do ano passado, o IBGE lançou uma sondagem mais detalhada do setor de serviços, que representa mais de 60% da economia nacional. Com uma precisão maior na sondagem, na época, a estimativa é de que o novo levantamento foi responsável por uma alta no resultado final do PIB em até 0,2%. Para o especialista em sondagens e pesquisas econômicas da consultoria Radar, Magno Santos, o setor de serviços é o mais delicado de ser calculado e precisava ser melhor detalhado. “Não se trata de uma ‘maquiagem’ do PIB, mas sim de uma atualização de métodos que podem alterar os resultados para cima ou para baixo”, diz. No caso da mudança da Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF), a alteração faz parte de uma rotina de correções a cada dez anos, diz o IBGE, e vai incluir informações de pesquisas mais novas feitas pelo instituto, além de dados que não eram apurados. De acordo com nota técnica publicada no site do órgão, os índices de produção industrial calculados na pesquisa mensal buscam apontar as “alterações das quantidades de bens e serviços produzidos ao longo do tempo”. Se os modelos de pesquisa da indústria e dos serviços são novos, o PIB ainda mantém parâmetros antigos, com base na realidade de 2009. Uma mudança completa do índice está prevista para o início de 2015. Os produtos pesquisados vão aumentar de 830 para 944. Além disso, o número de fábricas entrevistadas vai crescer de 3,7 mil para 7,8 mil e algumas regiões passarão a ser consideradas, como o estado do Mato Grosso. O aumento da cobertura e nas sondagens, dizem analistas, deve apontar para um retrato mais disperso da economia e, possivelmente, menos negativo. Como a atualização será retroativa – corrigindo os dados desde janeiro de 2012 –, a mudança vai redefinir o cálculo do PIB de 2012 e 2013, alterando seus resultados. O impacto é difícil de ser dimensionado, mas consultorias e economistas afirmam que o resultado da economia brasileira no ano passado possa ter crescido até 2,8% ao invés dos 2,3% registrados pelo método antigo. Neste ano, a mudança pode marcar uma alta de 2% ao invés dos 1,6% previstos pelo mercado. Uma das estimativas é da consultoria LCA. Para eles, a produção industrial brasileira de 2013 pode aumentar de 1,2% para 2% e, consequentemente, promover uma alta no PIB entre 0,3% e 0,5% para o resultado do ano passado. O mesmo deve ser sentido neste ano. Para o especialista em economia industrial da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Geraldo Sottobello, a revisão metodológica vai ter um impacto mais discreto – alta de até 0,2% no PIB. “Algumas indústrias de base tecnológica se tornaram muito mais significativas do que eram em 2004. Basta ver o que o mundo mudou de lá para cá”, afirma. A produção brasileira de tablets, smartphones e biodiesel, por exemplo, estão entre as inclusões. Já a produção de tubos de imagem de televisores antigos deixa de fazer parte do levantamento. Suave Outro impacto deve ser um comportamento mais uniforme dos dados, sem altas muito intensas em um mês e quedas bruscas no período seguinte. “Metodologicamente, ela deve ser mais fiel às tendências reais da indústria, com uma análise mais precisa nas séries históricas”, afirma o especialista em sondagens e pesquisas econômicas da consultoria Radar, Magno Santos. Os últimos quatro resultados da produção industrial são exemplo disso. Em novembro e dezembro de 2013, a indústria caiu 0,4% e 3,8% e depois cresceu 3,8% e 0,4% nos primeiros dois meses de 2014. “A expectativa é de que as oscilações sejam mais suaves com uma metodologia melhor”, completa. Fonte: GP - Ctba, 07/maio/14 - Maria Prybicz

segunda-feira, 5 de maio de 2014


- INVESTIMENTOS EM RENDA FIXA ESTRANGEIROS SÃO VOLÁTEIS,(Podem ser retirados a qualquer momento)! - Os recursos que estão invadindo o país, no entanto, são voláteis, podendo ser retirados a qualquer momento, embora ajudem a conter momentaneamente o déficit brasileiro nas contas externas -de janeiro a março deste ano, por exemplo, o Banco Central informou o registro de um rombo de 25,19 bilhões de dólares nas operações do país com o exterior, o maior em um período de três meses desde 1970, quando teve início a série histórica do BC. Fonte: El País. - Ctba, 05/mai/14 - Maria Prybicz.

FRASES IMPORTANTES... Às vezes a liberdade é ilusória! (Maria Prybicz) -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- - Na medida que planejamos e conduzimos a tecnologia por vários processos públicos e escolhas privadas, é que temos algum controle sobre nossa própria humanidade."Andrew Feenberg, filósofo da tecnologia" - Ctba, 05 maio 14 - Maria Prybicz.

Quem sou eu

Minha foto
Economista/Professora/Escritora de Blog e outros; Disciplina: Gestão de Negócios; - Autonomia em Consultorias em Geral.