prybiczmaria@gmail.comFollow by Email tyle>.ig-b- { display: inline-block; } .ig-b- img { visibilit

segunda-feira, 30 de junho de 2014


ESTRATÉGIAS E PLANEJAMENTOS - Comunicação - Como diz o ditado "Quem não se comunica, se trumbica". As empresas precisam cada vez mais entender que o planejamento estratégico não pode ficar somente na diretoria, pois quanto mais as pessoas souberem dos objetivos da empresa e para onde ela - a organização - vai no futuro, mais envolvidas estarão nesse processo. Sempre digo que o planejamento estratégico é um "ser vivo", ele deve ser lembrado todos os dias, em todos os momentos da tomada de decisão. Quanto mais falamos sobre alguma coisa mais desmistificamos ela, ou seja, com o tempo a maturidade de planejamento é percebida não mais como uma obrigação e sim como parte do processo. O processo de comunicação é um gargalo nas empresas e se não estiver bem estruturado pode afetar diretamente qualquer ação que a empresa necessita fazer. A comunicação é um sincronismo que tem que andar alinhado. Deve ser vista como um fator crítico de sucesso. - Fonte: Por Leonardo Squeira Borges, Padrão Auditoria - Ctba, 30/jun/14 - Maria Prybicz

sexta-feira, 27 de junho de 2014


ECONOMIA DOLARIZADA! - Dólar fecha abaixo de R$ 2,20 pela primeira vez em quase oito meses Pela primeira vez em quase oito meses, o dólar comercial fechou abaixo de R$ 2,20 Pela primeira vez em quase oito meses, o dólar comercial fechou abaixo de R$ 2,20. A moeda norte-americana encerrou o dia com queda de 0,44%, vendida a R$ 2,196. O valor é o menor desde 30 de outubro do ano passado, quando a cotação tinha fechado a R$ 2,192 para venda. O câmbio começou a sessão em alta. Na máxima do dia, por volta das 9h15, o dólar comercial chegou a ser vendido a R$ 2,213. Nas horas seguintes, a alta diminuiu, até que a cotação inverteu a tendência e passou a cair por volta das 15h30 até encerrar no nível mínimo do dia. Desde que o Banco Central (BC) anunciou, na terça-feira (26), a extensão do programa de venda de dólares no mercado futuro até pelo menos o fim do ano, o dólar não para de cair. Ontem, a moeda norte-americana havia caído 1%. Previstas para acabar no fim do mês, as intervenções do BC para segurar o dólar foram prorrogadas até 31 de dezembro, com possibilidade de serem estendidas por mais tempo. A autoridade monetária continuará a injetar US$ 200 milhões por dia em contratos de swap cambial (venda de dólares no mercado futuro) e a leiloar dólares das reservas internacionais com compromisso de recompra em momentos de instabilidade no câmbio. (Agência Brasil) Fonte: Jornal do Comércio - Ctba, 27/jun/14 - Maria Prybicz

terça-feira, 24 de junho de 2014


REQUIÃO/GRIPE H1N1/EDUCAÇÃO/COLÉGIOS ESTADUAIS - Justifico o meu voto de confiança no Senador Requião em razão do acontecido naquele ano da epidemia da Gripe H1N1. Ele, então Governador, decretou recesso escolar porque todos estavam contaminando-se com a Gripe, inclusive morriam alunos(as), pais e mães dos alunos (as), professores e outros! Como eu lecionava pela manhã e à noite no Colégio Estadual Lamenha Lins, passei um medo terrível. Na noite de 30 de agosto estava falando com os alunos(as) sobre isso quando soube no dia seguinte do Decreto! Fiquei aliviada porque alí interrompia o contágio de todos(as)! E faleceu naquele ano o sogro do meu filho, o Sr. Pedro Roqrigues,foi um choque e estresse enorme. Diante disso vimos que é um homem de visão e estratégia! - Ctba, 24/jun/14 - Maria Prybicz

segunda-feira, 23 de junho de 2014


SOCIEDADE/DEMOCRACIA/ECONOMIA POLÍTICA - Como bem apontou a inteligência superior de John Dewey, a democracia “é mais do que uma forma de governo; é, primordialmente, uma forma de vida associada, de experiência conjunta e mutuamente comunicada”. Após um tempo de severos antagonismos, vivemos um século de necessária conciliação. Caberá à política democrática bem exercida demonstrar que o inegociável direito à liberdade individual é o primeiro passo para uma consciência política de aprimoramento coletivo. O povo é um conjunto de cidadãos livres, e não um amontoado de fantoches do poder. Sem cortinas, o postulado da democracia traz consigo a ideia de educação para uma liberdade humanista que consiga bem ponderar os anseios individuais com uma visão integradora da sociedade em sua pulsante pluralidade existencial. Eis aqui o desafio e nossa oportunidade histórica como cidadãos do mundo. - Sebastião Ventura Pereira da Paixão Jr., advogado, é especialista do Instituto Millenium. - Ctba, 23/jun/14 - Maria Prybicz

domingo, 22 de junho de 2014


ECONOMIA ONDE TODOS PODEM GANHAR - "Para todos ganharem, sobretudo os que mais precisam, devemos focar em objetivos claros, bem como, no escopo do desenvolvimento completo e irrestrito do nosso País!" Ctba, 22/jun/14 - Maria Prybicz.

quarta-feira, 18 de junho de 2014


"MEDIDAS ECONÔMICAS IMPORTANTES"! - Mantega confirma anúncio do governo de medidas para a indústria Dentro do "pacote de bondades", haverá mudanças tributárias, na concessão de crédito e regulatórias O ministro Guido Mantega (Fazenda) confirmou que a presidente Dilma Rousseff vai anunciar nesta quarta-feira (18) medidas de estímulo à indústria, em reunião com empresários. As medidas foram reveladas por reportagem da Folha de S.Paulo desta terça-feira (17). Dentro do "pacote de bondades", haverá mudanças tributárias, na concessão de crédito e regulatórias, como informou a reportagem. Saiba mais Confiança do empresário em junho é a menor desde 2009 Produção industrial em maio sobe para 48,4 pontos, diz CNI A reunião de amanhã é um "retorno" da presidente para as demandas que recebeu dos empresários em encontro realizado em maio. A queda na confiança dos empresários é um dos fatores que têm dificultado um crescimento mais rápido da economia. Dilma já admitiu que o país vive um "problema seriíssimo de expectativa". O pacote vem em período pré-eleitoral, quando os empresários estão cada vez mais próximos dos candidatos de oposição. A divulgação das medidas será um "retorno" da presidente para as demandas que recebeu dos empresários em encontro realizado no dia 22 de maio. Ela promete responder todos os pleitos que recebeu. Também participarão da reunião de amanhã os ministros Guido Mantega (Fazenda) e Mauro Borges (Desenvolvimento). Empresários ouvidos na condição de anonimato veem a aproximação de Dilma com "bons olhos. "É ótimo que ela nos escute", disse um dos convidados. Mas afirmam que os pleitos não são novos, só estão sendo discutidos por causa da proximidade das eleições, e que é preciso verificar se as promessas se transformarão em realidade. Medidas Até ontem, estava previsto que o governo rediscutiria as novas regras para segurança do trabalho na utilização de máquinas, que tem sido motivo de protestos pela indústria. Também deveria enviar ao Congresso um projeto de lei sobre o acesso ao patrimônio genético brasileiro. Fabricantes de cosméticos e remédios foram autuadas por desenvolver produtos com a fauna e a flora brasileiras sem as autorizações cabíveis. As multas já aplicadas serão anistiadas. Na área tributária, é vista com simpatia a retomada, no ano que vem, do Reintegra, programa que devolve tributos aos exportadores. Seguindo sugestão da indústria, o programa voltaria com alíquota simbólica, que vai subindo gradualmente. É provável ainda que o governo já sinalize que renovará o PSI (Programa de Sustentação do Investimento), do BNDES, em 2015. O programa expira no fim deste ano. Mas não deve atender a outro pleito para aumentar os recursos do Revitaliza, destinado a capital de giro, também do banco de fomente. Fonte: GP Ctba, 18/jun/14 Maria Prybicz

sexta-feira, 6 de junho de 2014


SELO ODM PARA EMPRESAS PARTICIPANTES COM SISTEMA SESI/SENAI/FIEP. Juntos, misturados, nós podemos Paraná-Brasil!

Quem sou eu

Minha foto
Economista/Professora/Escritora de Blog e outros; Disciplina: Gestão de Negócios; - Autonomia em Consultorias em Geral.