prybiczmaria@gmail.comFollow by Email tyle>.ig-b- { display: inline-block; } .ig-b- img { visibilit

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

PREVISÃO DE CRESCIMENTO DO BRASIL A 7,5%

"O possível uso de controles de capital deve ser suportado por outras medidas, como, por exemplo, a continuidade da flexibilidade cambial para desencorajar fluxos especulativos, consolidação fiscal e monitoração do setor financeiro."
O aperto fiscal ajudaria o Brasil não apenas a conter a valorização do real, ao permitir que o Banco Central seja menos agressivo nos juros, mas também reduziria os riscos inflacionários no Peru e no Uruguai, segundo o FMI.
"O possível uso de controles de capital deve ser suportado por outras medidas, como, por exemplo, a continuidade da flexibilidade cambial para desencorajar fluxos especulativos, consolidação fiscal e monitoração do setor financeiro."
O aperto fiscal ajudaria o Brasil não apenas a conter a valorização do real, ao permitir que o Banco Central seja menos agressivo nos juros, mas também reduziria os riscos inflacionários no Peru e no Uruguai, segundo o FMI.
"Dados os desafios derivados de forte e persistente fluxo de capital para alguns países, as ferramentas fiscais devem ser opções melhores para lidar com as pressões de superaquecimento do que os instrumentos monetários."
O Fundo prevê que a região cresça 5,7% neste ano e 4% no próximo.
Entre os destaques, o Brasil e a Argentina devem ter expansão de 7,5% cada. Em julho, o FMI previa para o Brasil crescimento de 7,1% neste ano.
Fonte: GP On Line
Ctba, 06/10/10
Maria M. Prybicz


Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Economista/Professora/Escritora de Blog e outros; Disciplina: Gestão de Negócios; - Autonomia em Consultorias em Geral.