prybiczmaria@gmail.comFollow by Email tyle>.ig-b- { display: inline-block; } .ig-b- img { visibilit

terça-feira, 26 de maio de 2009

"MERCADO DE AÇÕES"

BEAR E BULL MARKETS (MERCADOS BAIXISTAS E ALTISTAS)
Por pctedesco em 25 de Maio, 2009.
- Bear e Bull Markets, mercado do urso e mercado do touro, termos utilizados há mais de 300 anos, vocabulário corriqueiro aos noticiários econômicos e aos investidores, mas qual a origem destes termos tão famosos?
O touro é o símbolo maior de Wall Street, forte, imponente e destemido…..
Sempre ouvi dizer que os termos vinham do estilo de ataque de cada animal, o touro (bull) sempre chifrando de baixo para cima, elevando os mercados, o urso por sua vez dando suas patadas ferozes de cima para baixo, levando os mercados para baixo.
- A eterna luta entre comprados e vendidos, nos que acreditam que o mercado irá subir versus os que acreditam na derrocada dos mercados.
Mas lendo um artigo no Infomoney me deparei com dados inusitados que seguem a seguir.Bear Market (mercado do urso, mercado baixista): A expressão é utilizada para descrever uma situação em que o mercado recua progressivamente ao longo do tempo e os investidores são motivados a vender suas posições, a fim de evitar prejuízos ainda maiores. Este movimento por vezes desencadeia um ciclo descendente difícil de superar, como foi o caso da Grande Depressão na década de 1930.
- Algumas correntes no mercado acreditam que o termo tenha sido criado baseado em uma analogia aos antigos comerciantes de peles de urso. Como conta a história, tais mercadores, que esperavam por uma trajetória declinante de preços no futuro, vendiam peles de usos mesmo antes de os capturarem. Eventualmente, a expressão se tornou sinônimo de ações vendidas com base em especulações.
- É incerto se essa é a verdadeira origem do termo, mas especula-se que ele já era usado antes de 1720. O ano foi marcado pela South Sea Bubble, uma bolha econômica que se deu por meio de especulações sobre o balanço da South Sea Company, e que desencadeou um considerável movimento de venda de ações. Com esse escândalo, o termo ganhou proeminência.
-
Bull Market (mercado dos touros, mercado altista): Por sua vez, o bull market é utilizado para descrever um mercado em que os preços dos ativos aumentam mais rapidamente do que é típico. Esta situação normalmente envolve um grande volume de investidores otimistas e dispostos a comprar ativos.
- A origem mais comum para o termo, porém, parece ser em resposta ao seu oposto. Especula-se no mercado que o primeiro uso ocorreu em meados do século XVIII. Em 1720, o papa Alexander teria escrito: “Os deuses devem cuidar de nossas ações (…) A Europa receberá o touro com prazer e Javé irá, com alegria, colocar urso pra fora.”
- Maior bull da históriaLevando em conta a bolsa brasileira, o maior “bull” da história ocorreu durante o boom da BM&F Bovespa entre agosto de 1968 até julho de 1971, quando o mercado subiu nada menos que 900%.
- Efeito psicológico: É muito evidente que o bull market é muito mais atraente que o bear market: Ele inspira crescimento, progresso, movimento ascendente (positivo), a completa oposição ao bear market que sugere crise, retração, movimento descendente (negativo).
- Muitos se esquecem que é possível ganhar dinheiro com bear market (mercado baixista), a venda à descoberto é um exemplo clássico, apesar de ser uma operação lucrativa envolve às vezes mais trabalho e custos maiores, pois se não for fechada no próprio dia (daytrade) requer aluguel de ações, em geral é uma operação que necessita ser realizada através da mesa de operações (um pouco mais dispendiosa).
- Toda forma de ganância é prejudicial ao investidor!
Fonte: ADVFN Newsletter

Ctba, 26/mai/09
Prof.ª Maria M. Prybicz

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Economista/Professora/Escritora de Blog e outros; Disciplina: Gestão de Negócios; - Autonomia em Consultorias em Geral.