prybiczmaria@gmail.comFollow by Email tyle>.ig-b- { display: inline-block; } .ig-b- img { visibilit

quinta-feira, 10 de outubro de 2013


A VELHA CADERNETA DE POUPANÇA A elevação em 0,50 ponto porcentual da taxa básica de juros (Selic) - para 9,50% ao ano - manteve a atratividade da poupança na comparação com os fundos de renda fixa. A simulação da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) mostra que os fundos de renda fixa só são vantajosos em aplicações de longo prazo e com taxas de administração reduzidas. Segundo a instituição, as taxas de administração de 0,50% ao ano são oferecidas para um grupo seleto de investidores - aqueles cuja aplicação supera os R$ 50 mil. A maior parte dos investidores paga taxas acima de 1%. “A poupança continua atrativa mesmo com essa elevação dos juros. A sequência de alta até torna os fundos mais interessantes, mas esse patamar não foi suficiente para torná-los melhores do que a poupança”, afirma Miguel Ribeiro de Oliveira, diretor de Estudos Econômicos da Anefac. FOnte:GP Ctba,10/out/13 Maria Prybicz

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Economista/Professora/Escritora de Blog e outros; Disciplina: Gestão de Negócios; - Autonomia em Consultorias em Geral.