prybiczmaria@gmail.comFollow by Email tyle>.ig-b- { display: inline-block; } .ig-b- img { visibilit

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

"ECONOMIA E PLANEJAMENTOS"

CURITIBA TEM MAIS MULHERES DO QUE HOMENS, DE ACORDO COM O CENSO 2010
 - O Censo 2010 divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revelou que Curitiba atingiu a marca de 1.746.896 moradores, com crescimento de 10,5 %. Em 2000, esse nº era de 1.587.315 pessoas. As mulheres são a maioria. Segundo o relatório, são 914.396 mulheres contra 832.500 homens na capital paranaense.
No ranking dos municípios mais populosos, Curitiba está entre as cidades que perderam posições na comparação com o Censo realizado em 2000, ao lado de Belo Horizonte e Recife. Há 10 anos, a capital do Paraná ocupava a posição de nº 7 e agora está na 8º colocação.
Censo 2010: população do Paraná é de 10.439.601 pessoas. Em comparação com o Censo de 2000 ocorreu um aumento de 876.143 pessoas. Esse nº demonstra que o crescimento da população paranaense no período foi de 9,2 % (o que corresponde a 0,88 % ao ano) inferior a observada na década anterior (13,2 % entre 1991 e 2000).
O Censo 2010 mostra também que a população é mais urbanizada que há 10 anos: em 2000, 73,4% dos paranaenses viviam em áreas urbanas, agora são 85,3 %.
Na Região Sul, o estado do Rio Grande do Sul continua sendo o mais populoso, com 10.695.532 habitantes e por último Santa Catarina com 6.249.682 habitantes. Em termos de crescimento, Santa Catarina supera de longe os outros dois estados, apresentando crescimento de 16,7 % na década, contra 9,2 % do Paraná e 5,0 % do Rio Grande do Sul.
Em termos de participação percentual, o Paraná manteve-se com 38,1 %, Rio Grande do Sul passou de 40,6 % para 39,1 % e Santa Catarina aumentou de 21,3 % para 22,8%.
Houve mudanças no ranking dos maiores municípios do estado, com Foz do Iguaçu (de 5º para o 7º) perdendo posições, Cascavel (de 6º para 5º) e São José dos Pinhais (de 7º para 6º) ganhando posições.
Em relação ao Censo 2000, perderam população os municípios de Pitanga, Altamira do Paraná, Guaraniaçu, Nova Cantu e Foz do Iguaçu. Outros 173 municípios tiveram suas populações reduzidas de 2000 para 2010.
No ranking dos maiores municípios do Brasil, Curitiba passou de 7ª para 8ª posição.
A população da Região Metropolitana de Curitiba aumentou em 400.586 pessoas. Em 2000, era de 2.768.394 e em 2010 passou para 3.168.960, um aumento de 14,5 %. Os municípios que mais cresceram na RMC foram Tunas do Paraná (73,3 %), Fazenda Rio Grande (29,97 %), Mandirituba (26,81 %), Piraquara (28,0 %) e São José dos Pinhais (28,0 %).
Em termos absolutos, Curitiba aumentou sua população em 159.581 pessoas e São José dos Pinhais em 59.172 pessoas. Adrianópolis, Doutor Ulysses foram os municípios da região que, tiveram redução da sua população comparado com 2000. 
Os resultados mostram que existem 96,6 homens para cada 100 mulheres no Paraná, isto é, há 182.595 mulheres a mais que homens. Em 200para cada 100 mulheres, havia 98,1 homens e a diferença entre os sexos apontava 90.483 mulheres a mais que homens.
A população paranaense é composta por 5.311.098 mulheres e 5.128.503 homens.
Entre os municípios, o que tem maior percentual de homens é Manfrinópolis (116 homens para cada grupo de 100 mulheres). E Curitiba detém o menor percentual de homens (91 homens para cada grupo de 100 mulheres).
- O IBGE espera que os dados coletados sirvam de base para o planejamento público e privado, em favor da melhoria das condições de vida da sociedade brasileira.
Ctba, 17/jan/2010
Profª Maria M.Prybicz

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Economista/Professora/Escritora de Blog e outros; Disciplina: Gestão de Negócios; - Autonomia em Consultorias em Geral.