prybiczmaria@gmail.comFollow by Email tyle>.ig-b- { display: inline-block; } .ig-b- img { visibilit

domingo, 3 de julho de 2011

"ECONOMIA NACIONAL E TRABALHO ADMINISTRATIVO NAS TOMADAS DE DECISÕES"


FAÇO MINHAS,  AS SUA PALAVRAS,  MÁRCIA AIRES 
"Fala-se muito em coaching como processo que pode ajudar na análise de problemas e na tomada de decisões; no controle de estados emocionais; trabalhar crenças limitantes; desenvolvimento de novos comportamentos, habilidades e competências. Para atuar como coaching é fundamental ter habilidade em lidar com pessoas e principalmente gostar de pessoas.
Algumas empresas têm investido na formação de seus gerentes como líder coaching, mas infelizmente nem todos os gerentes tem perfil para este papel. Algumas empresas têm utilizado o termo liderança para qualquer atividade de orientação, chefia ou coordenação. Vale destacar, ainda, que o termo "liderança" é impropriamente utilizado como sinônimo de "gerencia". De modo geral, o líder é confundido com o gestor direto ou com os gestores da empresa.
Conforme James C. Hunter em seu livro "O Monge e o Executivo", ao exercício da liderança é preciso tomar decisões pessoais e aplicar princípios, pois existe uma diferença entre liderança e gerência. No primeiro caso, o líder lidera pessoas enquanto, na gerência, o gerente gerencia coisas.
O líder influencia os outros, ele faz com que a energia se mova e que, com a sinergia, o encontro entre pessoas aconteça de fato. Para o autor, é a qualidade de caráter de cada pessoa que faz a importância dos relacionamentos, pois ao trabalhar com pessoas o que deve ser objetivado é a tarefa a ser realizada sem desprezar os relacionamentos.
Desta forma ao se atribuir a um gerente o papel de líder coaching é fundamental que se tenha um cuidado muito especial com a formação deste profissional. Uma questão importantíssima a ser abordada é "como o adulto aprende", pois é preciso conhecer uma pouco sobre a ANDRAGOGIA. Andragogia é a ciência e a arte da educação de adultos, possuindo características básicas totalmente diferentes da Pedagogia. Fundamentalmente, o ensino é baseado na troca de experiências entre dois adultos, sendo que ambos empenham-se na solução de problemas daquilo que realmente necessitam saber para aplicar no seu dia a dia.
Kelvin Miller afirma que os adultos retêm apenas 10% do que ouvem após 72 horas, mas são capazes de se lembrarem de 85% do que ouvem, veem e fazem após as mesmas 72 horas. O ouvir e o fazer são procedimentos fundamentais à aprendizagem dos adultos, visto que irão compreender melhor sua utilidade no enfrentamento dos seus problemas.
Portanto, o papel daquele profissional que conduzirá o processo é fundamental. Ele necessita demonstrar ao colaborador a importância do assunto a ser tratado e abordá-lo de forma entusiasta. Deve mostrar a importância do que está sendo compartilhado e que fará diferença em suas vidas, que propiciará melhorias tanto nos seus aspectos pessoais como profissionais.
No processo de aprendizagem andragógico, outro fator fundamental é a motivação. Especialmente nas empresas, a motivação é estimulada por fatores externos como, por exemplo, premiações, possibilidades de promoções etc. Porém, a motivação mais marcante e intensa é baseada em estímulos internos, porque o adulto terá mais satisfação pelo processo realizado, terá elevada sua autoestima e, sem dúvida, melhorará sua qualidade de vida.
Esta melhoria na relação da liderança, por sua vez, se traduz por um melhor aproveitamento do potencial do colaborador. É esta característica em especial que tem tornado o coaching o modelo de liderança mais adaptado aos tempos atuais. Em uma sociedade globalizada e interconectada, onde a concorrência acirrada e a alta competitividade são as regras do jogo, a criatividade e o talento dos colaboradores tornam-se verdadeiramente os maiores ativos da organização."

Por Marcia Aires
Fonte: Padrão Auditoria
Ctba, 03/jul/!11 
Maria Prybicz

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Economista/Professora/Escritora de Blog e outros; Disciplina: Gestão de Negócios; - Autonomia em Consultorias em Geral.